Resíduos complexos: o couro

Num universo de milhares de resíduos industriais que são gerados a cada dia, é comum – e não tão visível – a geração dos chamados resíduos complexos ou desafiadores. O couro é um exemplo: material obtido das indústrias de cortume, e utilizado na produção e confecção têxtil, segmento de calçados, estofados, artesanato, e segmento automobilístico. Segundo o Centro das Indústrias de Cortume do Brasil (CICB), cerca de 85% das empresas do segmento realizam controle diário da verificação de resíduos sólidos, enquanto que 70% possui setores de meio ambiente.  Ainda, segundo a[…]

Read more

Inovação e monetização com resíduos

A geração de resíduos sólidos ocorre na maioria das empresas e nos mais diversos segmentos, desde uma papelaria até uma metalúrgica, sendo vista, na maioria das vezes,  como sinônimo de custo. Porém, muitas empresas já buscaram soluções inovadores que trazem nova perspectiva para seu (antigo) descarte de resíduos. Com o apoio do avanço tecnológico que se tem hoje há a possibilidade da recuperação e valorização de resíduos perigosos, resíduos contaminados e resíduos complexos! Fonte: Google Image, 2017 Hoje, ainda se tem uma visão limitada sobre a valorização dos resíduos, sendo muitas vezes restrita aos principais segmentos de resíduos,[…]

Read more

Evento: Logística Reversa, Economia Circular e Empresa B

(Café da manhã: 05 de abril) A Política Nacional dos Resíduos Sólidos estabelece um conjunto de ações destinadas a viabilizar a coleta e a restituição dos produtos após o uso pelo consumidor ao setor empresarial, para reaproveitamento em seu ciclo ou em outros ciclos produtivos; trata da responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos, por meio de investimento no desenvolvimento, na fabricação e na colocação no mercado de produtos aptos à reutilização ou à reciclagem e cuja fabricação e uso gerem a menor quantidade de resíduos sólidos possível; dispõe[…]

Read more

Tecnologia nas indústrias: o remédio para a crise

Vivemos em um mundo cada vez mais competitivo, globalizado e envolto em crises: econômicas, sociais e ambientais de todos os tipos. A indústria não fica de fora desse contexto, sofrendo com perdas de demanda, crises econômicas que encarecem as matérias-primas e baixam o valor de venda dos produtos. Mesmo dentro deste cenário atual podemos ver algumas formas de minimizar esses problemas ou até mesmo saná-los. Para isso, temos uma ferramenta muito útil: a tecnologia. Indústria 4.0 Um bom exemplo de como a tecnologia pode ser muito útil dentro do ambiente[…]

Read more

Valorização latente: o rejeito que vira dinheiro

É estimado que são desperdiçados cerca de R$120 bi em resíduos sólidos que não são valorizados no Brasil , com constante aumento na geração de resíduos domésticos e resíduos produzidos pelas empresas a cada ano¹ . Fora o potencial econômico latente de todo esse resíduo que não é valorizado, existe o impacto do sobrecarregamento dos aterros sanitários pelo país, da disposição inadequada em lixões, e o custo ambiental e social em realizar a logística da coleta e disposição dos resíduos em municípios distantes. Créditos: Google Image, 2017 Olhar empreendedor e[…]

Read more