Caso: valorização de pó de ferro

Resíduo de po de ferro (Créditos: Plataforma B2Blue.com)Em mais um caso de sucesso B2Blue com inovação com resíduos, uma grande companhia na área de soluções de engenharia para molas e componentes personalizados, procurou a B2Blue pois tinha um custo de R$ 20mil/mês com aterro para o pó de retífica (ferro) gerado como resíduo de seu processo produtivo. No projeto, a B2Blue conseguiu identificar os segmentos que poderiam absorver o pó de ferro, com o mapeamento de empresas localizadas na área da planta fabrica; com parte do objetivo de alcançar aterro[…]

Read more

Resíduos complexos: o couro

Num universo de milhares de resíduos industriais que são gerados a cada dia, é comum – e não tão visível – a geração dos chamados resíduos complexos ou desafiadores. O couro é um exemplo: material obtido das indústrias de cortume, e utilizado na produção e confecção têxtil, segmento de calçados, estofados, artesanato, e segmento automobilístico. Segundo o Centro das Indústrias de Cortume do Brasil (CICB), cerca de 85% das empresas do segmento realizam controle diário da verificação de resíduos sólidos, enquanto que 70% possui setores de meio ambiente.  Ainda, segundo a[…]

Read more

Valorização latente: o rejeito que vira dinheiro

É estimado que são desperdiçados cerca de R$120 bi em resíduos sólidos que não são valorizados no Brasil , com constante aumento na geração de resíduos domésticos e resíduos produzidos pelas empresas a cada ano¹ . Fora o potencial econômico latente de todo esse resíduo que não é valorizado, existe o impacto do sobrecarregamento dos aterros sanitários pelo país, da disposição inadequada em lixões, e o custo ambiental e social em realizar a logística da coleta e disposição dos resíduos em municípios distantes. Créditos: Google Image, 2017 Olhar empreendedor e[…]

Read more